Presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco filia-se ao PSD

Presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco filia-se ao PSD
Com a filiação de Rodrigo Pacheco, o PSD passa a contar com os três senadores que representam Minas Gerais
https://youtu.be/XiUcmXRbL4Q

PSD

A cerimônia de filiação do senador mineiro será na quarta-feira (27), em Brasília. Com isso, a bancada do PSD no Senado passa a ter 12 integrantes, sendo três deles de Minas Gerais

O Partido Social Democrático comunica que será realizada na quarta-feira (27), no Memorial JK, em Brasília, a cerimônia de filiação do presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco, de Minas Gerais. “Comunico que, nesta data (22), tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente”, escreveu Pacheco em suas redes sociais.

Com a filiação, o PSD passa a contar com os três senadores que representam Minas Gerais: Antonio Anastasia, Carlos Viana e Pacheco. No Senado Federal, o PSD passa a ter 12 senadores, a segunda maior bancada da Casa.

A direção nacional do PSD parabeniza a direção mineira da legenda e todos os pessedistas do Estado, na pessoa do presidente estadual, Alexandre Silveira, pela excelente condução das atividades.

Advogado, Rodrigo Otavio Soares Pacheco foi criado na cidade de Passos, no Sul de Minas Gerais, tem 44 anos e sólida experiência jurídica, especialmente na área penal. Natural de Porto Velho (RO), está em seu primeiro mandato como senador, depois de ter exercido um mandato como deputado federal (2015-2018), quando presidiu a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, considerada a mais importante comissão da Casa. Em fevereiro deste ano foi eleito presidente do Senado.